A CAPTURA DA EDUCAÇÃO PELO CAPITAL: MOVIMENTO SOCIAL DE PROFESSORES E INTELECTUAIS ORGÂNICOS EM AÇÃO
ebook

A CAPTURA DA EDUCAÇÃO PELO CAPITAL: MOVIMENTO SOCIAL DE PROFESSORES E INTELECTUAIS ORGÂNICOS EM AÇÃO

Código de artículo:
E1000710951
Editorial:
EDITORA APPRIS
Fecha edición:
Materia
Libros para Todos
ISBN:
9788547315214
Formato:
EPUB
Idioma:
Portugués
Tipo de libro:
Ebook
DRM
Si

Durante o regime militar, os atores dos movimentos sociais despertaram a consciência de classe, o espírito de solidariedade e definiram as estratégias de luta para romper os limites impostos pelo modelo da sociedade vigente. Já no processo de redemocratização do Brasil (1980-1990), os movimentos sociais de educadores fortaleceram-se e criticaram o rumo que tomava a educação. Apresentaram propostas comprometidas com a superação da desigualdade social e da baixa qualidade educacional, recrudescidas pelo processo de refuncionalização do Estado. Nada mais justo que em 2003, com a eleição presidencial de um líder do movimento sindical, os movimentos sociais de professores fossem movidos pela esperança de que o Brasil avançaria na conquista de direitos culturais, políticos e sociais, principalmente na educação. Afinal, ele é "um dos nossos". Aconteceu, porém, que a feição de governo popular reverberou e o governo tornou-se o opositor invisível para os movimentos sociais. E mais: é possível que tal feito tenha transformado uma parcela dos movimentos em seu contrário ? teria se tornado conservadora? Em A captura da educação pelo capital: movimento social de professores e intelectuais orgânicos em ação você compreenderá, de um lado, as ações, tendências, posições e estratégias ocorridas no interior dos movimentos sociais no seu embate com o governo e suas repercussões nas políticas da educação pública brasileira. De outro, a capacidade de o governo utilizar as categorias cooptação, atração e intimismo à sombra do poder como instrumentos poderosos de sedução de líderes da classe popular, e a sua respectiva transformação em intelectuais orgânicos funcionais ao sistema, com a missão de elaborar políticas públicas educacionais e dispor a sua intelectualidade e o seu reconhecimento pelos movimentos sociais na defesa dos interesses do governo.

Artículos relacionados