TODO SANTO AJUDA
ebook

TODO SANTO AJUDA

Código de artículo:
E1000648526
Editorial:
LEYA
Fecha edición:
Materia
Libros para Todos
ISBN:
9788577346745
Formato:
EPUB
Idioma:
Portugués
Tipo de libro:
Ebook
DRM
Si

Todos os santos e santas foram pessoas como nós, mas, quando vemos os seus semblantes serenos e a história de suas vidas, não acreditamos nem um pouco nisso. Mas, veja só, uns foram mais calados e introspectivos, outros, faladores e animados; uns eram filhos rebeldes, outros, maridos ou esposas que largaram tudo para trás. Uns se deixaram seduzir pela vaidade e pelos prazeres materiais, outros, desde criança, gostavam mais de rezar do que de brincar. Uns foram pobres, outros, ricos. Uns morreram jovens, tragicamente, já outros, bem velhinhos, deitados em suas camas. Pois é, não é à toa que eles conseguem entender muito bem pelo que todos nós passamos. Então, quando as coisas ficam pra lá de complicadas, é hora parar um pouco, respirar fundo e deixar que todos os santos e santas venham em nosso socorro. Na hora H, até mesmo muita gente que não vai à igreja nem se considera religioso pede a ajuda preciosa de Santo Antônio, São Benedito, Santa Clara, São Francisco, São João, São Jorge, Santa Luzia, São Pedro, Santa Teresinha do Menino Jesus e de muitos outros. Por sua familiaridade com os nossos problemas, eles e elas estão acima das crenças e descrenças de cada um de nós e povoam o nosso dia a dia com suas histórias e exemplos. Em Todo santo ajuda você vai encontrar pequenas e inspiradoras biografias dos santos e santas mais famosos e suas orações mais conhecidas que vão lhe ajudar a atravessar momentos difíceis ou apenas criar um ritual de devoção, autoconhecimento e revelação que nos fazem escapar da desatenção, da superficialidade e do imediatismo que são a marca dos nossos dias. Santos e santas nos são sempre solidários, nos oferecem um ombro amigo e coragem para seguirmos em frente, e criam em nós as condições necessárias para compreendermos a nós mesmos e o que nos acontece. Isso porque quando recorremos a eles também recorremos a nós mesmos: paramos um pouquinho, deixamos a poeira baixar, diminuímos o volume dos nossos pensamentos catastróficos e ouvimos a voz de seus próprios sentimentos, pensamentos e necessidades. E que assim seja!

Artículos relacionados